Pesquisar este blog

Follow by Email

DIREITOS AUTORAIS

Licença Creative Commons
POESIAS BY ADÉLIA CARVALHO DOS REIS de ADÉLIA CARVALHO DOS REIS é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivados 3.0 Brasil.
Baseado no trabalho em poesiasbyadeliacdosreis.blogspot.com.br.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://poesiasbyadeliacdosreis.blogspot.com.br/.

Total de visualizações de página

domingo, 5 de agosto de 2012

ENTARDECER QUE SE FAZ CANÇÃO


Restam-me mudas palavras em notas sem dó
Que ressoam ao som de sua canção.
Falar e escancarar;
Que a boca beije em silêncio.
Abrir aos anseios;
Que a pele sinta sua mão.
Liberar os desejos
Esquecidos pelo mundo,
Esquecidos de mim.
Banhar sob a chuva que cai
Entrelaçar no aconchego do teu colo.
Deslizar em gotas de sedução,
Ser pele, ser forte
Ser Deusa, ser Mulher.
Esperei por ti em mim,
Esperei amar enfim.
Livre das janelas onde me prendo
Ouço gemidos de aventuras
Roubo olhares,
Devoro sua carne em mim,
Devoro o prazer sem fim.
Não vejo mais o espaço... Ultrapasso.
Limites se fundem em vôos de gaivotas,
Pairo em suas asas e no vaivém do ser e do não ser
Agasalho você que chega,
Permito o que você deseja.
Embriago-me estonteante pelas esquinas
Onde fugi sem mim,
Onde esqueci de mim.
Adélia Carvalho dos Reis
02 de março de 2012 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoraria saber o que você sente quando lê minha postagem!...